Logotipo da TAPS

Logotipo da TAPS
TAPS - Temas Atuais
na Promoção
da Saúde

 




Alimentação

imprimir

 

Pão integral

Verdadeira saúde só com alimentos integrais

O verdadeiro pão integral
é feito com farinha orgânica
de cereal que germina,
recém-moída,
usada imediatamente,
sem estocagem.

Pão Integral

Perda de elementos vitais no beneficiamento do trigo

Os elementos vitais compreendem:

  • vitaminas
  • minerais e oligoelementos
  • enzimas (fermentos)
  • essências aromáticas
  • ácidos graxos não saturados
  • fibras

 

Minerais  perda em %

Ferro..............................84%
Cobre.............................75%
Magnésio........................52%
Manganês.......................71%
Potássio.........................76%
Cálcio............................50%

 

Vitaminas perda em %

Vitamina B1 .........................86%
Vitamina B2 .........................69%
Niacina ...............................86%
Ácido pantotênico (B5) ..........54%
Vitamina B6 .........................50%
Vitamina A .........................100%
Vitamina E .........................100%

 

Fibras .....................perda de quase 100%

Pela alimentação integral, rica em elementos vitais, podemos evitar ou frear as seguintes doenças da civilização:

  1. Nos dentes - as cáries e a periodontose;
  2. No aparelho de locomoção - as doenças reumáticas, problemas com a coluna, etc.;
  3. No metabolismo - a obesidade, a diabete, os cálculos, a gota, etc.;
  4. No aparelho digestivo - prisão de ventre, problemas no fígado, intestino, pâncreas, etc.;
  5. No aparelho circulatório - arteriosclerose, derrame, enfarte,trombose, etc.;
  6. No sistema imunológico - a falta de defesa contra doenças infecciosas;
  7. No sistema nervoso - algumas doenças como esclerose múltipla;
  8. Alguns tipos de câncer.

Receita de Pão Essênio


A receita básica tem mais de 2000 anos e consta do Evangelho de Paz dos Essênios.

  1. Colocamos uma xícara e meia de grãos orgânicos (trigo, centeio, milho, cevada, aveia) em três xícaras de água, durante uma noite. Escorremos a água e deixamos germinar durante 36 horas, enxaguando e escorrendo os grão de duas a três vezes ao dia.
  2. Moemos os grãos germinados em um moedor, um liqüidificador ou um processador. Amassamos até adquirir a consistência de uma massa de pão.
  3. Podemos adicionar diversos temperos (timo ou cominho), alimentos (alho ou cebola picada) ou passas, tâmaras, sementes de girassol, etc.
  4. Untamos uma assadeira ou frigideira e colocamos a massa em rodelas achatadas.
  5. Colocamos no sol ou em um lugar quente (um forno morno).
  6. O pão está pronto quando por fora formou-se uma crosta fina e dentro está úmido, mas não grudento.

Há mais de 10 mil anos os cereais constituem a
base da alimentação

Pão  Essênio

 

 

top